sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Verdadeiras Lembranças.~


 
Nós nos conhecemos no jardim de infância,nós éramos melhores amigos. Ela sempre me disse que amava os meus olhos. Eu não sei bem porquê. Eu estava apaixonado por ela, então é claro que meu rosto se iluminava imensamente quando ela dizia isso. Ela era bonita, gentil e muito engraçada. Podíamos estar calados e sem nenhum assunto,  ela virava para mim e sussurrava: “Eu gosto dos seus olhos.”
Um dia, eu estava jogando basquete, esperando por ela para ir até minha casa  jogar comigo. De repente, eu recebi uma ligacão. Era sua mãe. Ela estava em pânico. Eu não conseguia entender o que estava dizendo,o que conseguia escutar era :  -“Aaron, venha rápido! Meg, sofreu um acidente na rua principal.Muito  Sangue. Venha agora!” Eu não tinha ideia do que havia acontecido, então  corri para a rua principal com minha bermuda de basquete e uma camiseta. Então vi a mãe de Meg chorando desesperadamente, esperando a ambulância chegar.  vi um carro atingido e sangue por toda parte. Então me deparei  com Meg, meu coração parou quando eu corria freneticamente até ela. - “Meg? Meg!” Ela estava inconsciente. Eu comecei a chorar. Eu sei que não é muito masculino, mas eu não podia ajuda-la naquele momento, me senti inútil . Antes que eu pudesse dizer mais, os médicos levaram-a embora, com muito sangue jorrando de sua cabeça. Fui para o hospital naquela noite e tornei a voltar  todas as noites. Na verdade, a única vez que saí era para comer...e só isso. Os médicos tentaram me animar com relação a Meg tentando me deixar mais calmo , mas eu me  recusava a sair de perto dela. Foi tudo culpa minha. Se não fosse por mim, e a idéia boba de querer jogar basquete com ela, ela não estaria passando por isso.
Já era quatro dias desde o acidente, e ela não acordou. No quinto dia, eu vi os olhos suavemente abertos. “Meg?”- Eu disse. Ela não estava completamente acordada , De repente, os médicos vieram correndo, me dizendo que eu tinha de esperar lá fora. Eu fiquei, por algumas horas assustado sem entender nada logo mas um dos médicos finalmente saiu dizendo:
- “ você é amigo de Meg, Aaron?
Sim”, eu sussurrei. Ele mordeu o lábio com um ton de preucupação.
Ela acordou, e está bem, mas temo que ela tenha uma perda de memória por um longo prazo.
Você está falando sério?” Eu quase gritei.
sim.” Eu não encontrei seu olhar. Eu não podia. Eu não ia dizer nada, então ele falou novamente.

Você pode ir vê-la se quiser, mas ela não lembra de nada, nem mesmo da mãe .
 Eu entrei, tremendo de terror. E à vi ali impotente enquanto dormia. Esperei algumas horas, até que eu vi seus olhos abrindo suavemente novamente. Ela olhou  em meus olhos, e sussurrou: 
Eu não te conheço, mas eu gosto de seus olhos.

As Verdadeiras lembranças sempre estarão presentes no nosso coração aconteça o que acontecer. Tudo o que não nos traz pensamentos bons, jogamos fora automaticamente. Mas o que nos faz sorrir a cara dia e nos da alegria de viver cada momento como se fossem o único essas são as lembranças que permanecem nos nossos corações!

Anne. 


5 comentários:

Nero disse...

Arrepiei na última linha... Me lembrou o filme "A Origem", já viu? As ideias originais estão profundamente implantadas em nossas cabeças. As memórias são mais traiçoeiras, como no caso do conto, em que a garota as perde. Mas o sentimento é algo muito além do físico, muito inexplicável. Muito puro. Excelente texto! Um abraço!

Paulo Cheng (Rico) disse...

EXCELENTE TEXTO. GOSTEI DO TEU BLOG E DAS MATÉRIAS TAMBÉM.PARABÉNS.

MikaelMoraes disse...

Fico até sem ter o que dizer
O seu post ficou espetacular
E o seu blog está ótimo
Continue nessa linha
Sucesso
<>
visite-nos e comente tmbm
gostando siga e avise que retribuiremos
se seguir deixe o aviso no comentário
deixando o seu link para retribuirmos
<>
grato
<>
http://mikaelmoraes.blogspot.com

Cleitton disse...

Nossa, história supreentende... HOMENS TB CHORÃO!

Poemas e Amizades disse...

Oi, Anne, boa noite!!
Um texto maravilhoso!! Profundamente inspirativo! Não há dúvida de que o ser humano tem poderes que desconhece, porque, de certo modo, tudo é escuridão para nós na área espiritual, mas também na maior parte das áreas emocional, psicológica, biológica. A presença gloriosa de Jesus sempre traz coisas inacreditáveis para o campo de nossa visão. São descobertas maravilhosas.
Um abraço carinhoso
Lello Bandeira

Postar um comentário

OBRIGADA PELO TEU COMENTÁRIO! Não faça comentários sem sentindo..--' tipo..issu é mtu legal.. faça um comentário que tenha sentido ou seja LEIA O POST! e vc tera tb no seu blog um comentário bem COMENTADO.:D questão de consideração uns com os outros!

Deus te abençoe ;*